10 obras-primas de Federico Fellini

“Sonhar é acordar-se para dentro.” Mario Quintana

Federico Fellini deixava-se filmar dormindo nos sets de gravação. A indiscrição (permitida) das lentes revelava não apenas a sua propensão para o espetáculo como a defesa que ele fez durante toda a vida do sonho – em duplo sentido: tanto literal quanto metafórico. Antes de se tornar um diretor consagrado, o italiano começou a carreira como caricaturista e manteve um hábito até o final da vida: desenhar os próprios sonhos, que depois ganhavam opulência, cores e movimentos diante das câmeras.