Paul McCartney (Cantores internacionais)

“(…) Deixo-as, como estalactites em meu poema, como pedacinhos de madeira polida, como carvão, como restos de naufrágio, presentes da onda… Tudo está na palavra…” Pablo Neruda

Beatles

Uma página literária para Paul McCartney. Não sou esse jornalista típico. Copo de uísque, estante à esquerda, na mesa o teclado. Da caverna vem com barbante no polegar. A camisa jeans sobre ombreiras vermelhas-amarelas-azuis do sargento Pimenta.

Mas um menino sai de casa à perigo, frouxo, trouxa nas costas igualando a esfera da lua minguante, presumindo assumir a forma de um ritmo elétrico, por isso ela aceita convicção e circunstância de osso de caveira, na boca do cachorro dobra a esquina e o rabo abana, uma melodia, nota, timbre…

“What if it rained?
We didn’t care
She said that someday soon
The sun was gonna shine.
And she was right,
This love of mine,
My valentine