Artes Plásticas: Gol de placa

“Para Garrincha, o espaço de um pequeno guardanapo era um enorme latifúndio.” Armando Nogueira

Futebol Cruzeiro

O olho inchado antevê a jogada. Não como antevê o hábil bailarino que distribui elásticos. O jogo truncado é resolvido no ato. Não como resolve o distribuidor de canetas. Como num ricocheteio a perna esquerda alcança a bola, que rodando encontra o fundo das redes.

O grito da arquibancada funde-se ao grito ensandecido de um corpo entroncado, coberto por longas tranças capilares que soltas ao sabor do vento alardeiam o combate do homem com a arte.