Nelson Ned (Romantismo)

Cantor brasileiro

Multidões lotavam estádios e teatros. Como num show nos dias de hoje do Rei Roberto Carlos. Um público ávido e carente pelas performances românticas do ‘Pequeno Gigante da Canção’. Conterrâneo de Ary Barroso, dono do gongo mais famoso da era de ouro do rádio brasileiro, Nelson Ned subia ao palco do porte de seu 1, 12 metros, para ser aplaudido de pé.

Vendeu centenas de discos, angariou prêmios de platina, ouro, fãs exaltadas, sucessos radiofônicos a todo instante. Foi o primeiro artista latino-americano a alcançar a marca de um milhão de cópias para seu álbum nos Estados Unidos. Sua música mais famosa tornou-se emblema da superação, e mais do que isso, foi parar na franquia do desenho ‘Ursinho Puff’, da Disney.

Clara Nunes (Cantoras brasileiras)

Sereia de Minas

As ondas verdes do mar recebem uma oferenda, uma brisa clara, uma areia espessa. Colares, correntes, patuás e pulseiras presenciam uma espuma branca correndo entre braços abertos que se erguem graciosamente e com as mãos espalmadas, uma para cima e outra para baixo, cantam um salve aos orixás. A espuma branca que corre entre os braços colore o vestido da sereia de traços negros desfiados em sua boca vermelha, seus cabelos frondosos como os de uma árvore, seu canto mestiço e intenso.

Ela agita as mãos com leveza enquanto as linhas da capoeira passam por elas tecendo a barra rodada do vestido longo e os amuletos. O canto da sereia nos leva para o fundo do mar onde encontramos conchas, flores e estrelas. Mas não morremos lá. Porque as águas do mar da sereia são as águas salgadas do mar da Bahia que como um raio de luz dissipam-se nas avenidas do Rio e nos levam até as montanhas de Minas. Se vocês querem saber quem é a sereia, ela é a tal guerreira, de voz de brisa condensada, mar em oferenda, areia Clara.